Tarte de Chocolate e Morangos

IMG_0399IMG_0416

Quando vi esta receita do blog “delikatissen“, fiquei absolutamente tentada a experimentá-la. Muito simples e deliciosa! Deixo-vos a minha adaptação da receita:

Ingredientes: 1 folha massa quebrada; 200 g chocolate de culinária ou outro; 500 ml leite magro; 1 pacote de pó de preparado de “cuajada” (Royal); chocolate branco ralado; morangos q.b.. Preparação: Levar a massa quebrada ao forno (180 ºC) até ficar dourada, de preferência com peso (feijões) por cima para a massa não subir – reservar; Seguir as instruções do fabricante e dissolver o pó da “cuajada” em 250 ml de leite e ferver os restantes; adicionar o chocolate ao leite quente e por fim, juntar o preparado de leite frio a este último. Mexer bem até ferver novamente. Deitar por cima da massa quebrada e deixar arrefecer por cerca de 4 horas. Cobrir a tarte com morangos e chocolate branco ralado.

Ardósia – II

avó LauraHá uns dias a minha mãe encontrou esta fotografia da querida avó Laurinha à porta de sua casa, morada de infância do meu pai e dos seus irmãos. Prontamente ma mostrou, sabendo o quanto gosto de ardósia. Agora sei que este meu sonho de ter uma casa com um apontamento neste material já é uma questão genética!

Sísifo

Porque hoje é o Dia Mundial da Árvore e também da Poesia.

Bom fim-de-semana! <3

“Recomeça….
Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo
Ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo,
Acordado,
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças.”

(Miguel Torga TORGA, M., Diário XIII).

Manta de Retalhos

A primeira colcha de casal que fiz. Gosto do aspecto final, com um toque vintage. Foi pensada para uma pessoa muito especial, que espero que a aprecie tanto quanto eu. Segue-se agora o desafio derradeiro: como a acolchoar?IMG_9675

My first king size patchwork quilt. I like the vintage look. It was designed for a very special person, I hope he enjoy it as much as I do. Now follows the ultimate challenge: how to quilt it?

Jardins da Quinta das Lágrimas

Imagens de um passeio muito agradável, em excelente companhia, aos jardins da Quinta das Lágrimas, em Coimbra.

A tranquilidade de um cenário idílico, palco de um dos mais famosos romances de Portugal, tendo por protagonistas de um amor trágico, Pedro e Inês.

IMG_9699

Palácio do Séc. XVIII, agora Hotel de Charme.

IMG_9720

IMG_9730

“Fonte dos Amores” -1326

IMG_9752

IMG_9753

“Fonte das Lágrimas” – 1580

“As filhas do Mondego, a morte escura

Longo tempo chorando memoraram

E por memória eterna em fonte pura

As Lágrimas choradas transformaram

O nome lhe puseram que ainda dura

Dos amores de Inês que ali passaram

Vede que fresca fonte rega as flores

Que as Lágrimas são água e o nome amores

Os Lusíadas, canto III.

IMG_9772IMG_9781

Images of a very pleasant walk, in excellent company , to the gardens of Quinta das Lágrimas in Coimbra.

Stage of a tragic love legend of Prince Pedro and Inês de Castro. Now this 18th century palace is a charm Hotel.

APAV celebra 25 anos de actividade . Esta é a sua canção-hino pelas vítimas de violência doméstica.

“Cansada” (Vozes Aldina Duarte, Ana Bacalhau, Cuca Roseta, Gisela João, Manuela Azevedo, Marta Hugon, Rita Redshoes e Selma Uamusse ; Letra e música Rodrigo Guedes de Carvalho)

Para partilhar enquanto o silêncio permanecer perante a desigualdade e a violência.