Saudade

Minha querida amiga, faltam dez dias para regressares a Portugal. Todos te aguardamos como se de um presente de Natal te tratasses.

Penedo da SaudadeIMG_8196IMG_8201IMG_8203

“Alegres campos, verdes arvoredos,
Claras e frescas águas de cristal,
Que em vós os debuxais ao natural,
Discorrendo da altura dos rochedos;
 .
Silvestres montes, ásperos penedos
Compostos de concerto desigual;
Sabei que, sem licença de meu mal,
Já não podeis fazer meus olhos ledos.
 .
E pois já me não vedes como vistes,
Não me alegrem verduras deleitosas,
Nem águas que correndo alegres vêm.
 .
Semearei em vós lembranças tristes,
Regar-vos-ei com lágrimas saudosas,
E nascerão saudades de meu bem.”
.
Luís Vaz de Camões, in “Sonetos”

20 thoughts on “Saudade

  1. Há de se ter de todos bons e, talvez, …dos maus momentos. Porque sempre se tira uma lição daquilo que vivenciamos…
    Hoje, me deu saudade da minha amada avó…

    Menina,
    Uma noite de aconchego pra ti e os teus. Vai fazer que se formem boas lembranças… E saudades…

  2. Muito Obrigada Joana!! Consegues sempre surpreender:)! Estou literalmente em contagem decrescente…vocês também vão ser o meu presente de Natal mais almejado. Vou esmigalhar-vos com abraços e beijos!!!

  3. Obrigada por estas fotos do meu local preferido em Coimbra! Passei aí tantos bons momentos quando fui estudante.

    Que o reencontro seja feliz!

    • Naná, que bom que te trouxe boas recordações!🙂 E obrigada pelas palavras. É triste quando vemos a nossa melhor amiga emigrar devido às contingências económicas do nosso país, mas nada como as férias para ajudar a amenizar as saudades! Beijinhos

  4. Estar fora é muito menos romântico do que parece… é duro, com uma dureza dificíl de explicar. Também tem muitos aspectos positivos (se não não me aguentava por cá). Às vezes perguntam-me se tenho saudades de Portugal. Tenho, mas podia estar muito tempo sem ir a Portugal. Do que tenho muitas saudades é das pessoas, tantas, tantas saudades… beijinhos, aproveita bem a tua amiga!

    • Muito obrigada, Margarida. Não imagino o que é estar longe de “casa” e dos que amamos, mas como dizes, há sempre vantagens a considerar quando a distância é muita e as saudades pesam. Quem fica também sofre de forma diferente, por isso é uma alegria para ambos os lados quando o reencontro acontece.🙂 Beijinhos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s